Sintomas e tratamentos do Coronavírus

mar 18, 2020

ATENÇÃO

Todos os planos de saúde estão cobrindo o teste para o coronavírus.
Contrate agora mesmo seu plano e garanta melhores condições e os valores da tabela vigente.

O Coronavírus é um dos assuntos mais debatidos no mundo no início de 2020. É uma doença que afetou o mercado financeiro, inúmeras empresas e eventos por todo mundo além da saúde de milhares de pessoas.
Segundo o Ministério da Saúde, até o momento em que este artigo foi publicado, haviam 368 casos confirmados no Brasil com 8.819 casos suspeitos e 1.890 casos descartados (dados G1 em 18/03/2019). No site do CDC, Centers for Disease Control and Prevention, você encontra os países com casos confirmados do vírus.

Este post vai ajudar você a entender tudo sobre o Coronavírus, com informações oficiais do Ministério da Saúde, semelhante ao nosso guia completo sobre a febre amarela.

Aqui você irá encontrar: O que é Coronavírus, Principais sintomas, O que fazer em casos suspeitos, Como é o tratamento, Como é a transmissão e Como se prevenir.

O que é coronavírus? (COVID-19)

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China. Provoca a doença chamada de coronavírus (COVID-19). Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1. (Fonte Ministério da Saúde)

Principais sintomas do Coronavírus

O Coronavírus é uma doença com sintomas muito semelhantes ao resfriado comum. Por isso, é preciso tomar alguns cuidados e observar os sintomas. Eles têm ligação direta com o aparelho respiratório, e entre os principais estão

Sintomas e tratamentos do Coronavírus 1

Febre

Sintomas e tratamentos do Coronavírus 2

Tosse

Sintomas e tratamentos do Coronavírus 3

Dificuldades para respirar

O que fazer em casos suspeitos?

Em casos de suspeita do Coronavírus, é preciso manter a calma. Como ele é bem semelhante ao resfriado comum, pode ser fácil de confundir.

Contudo, assim que apresentar os sintomas, caso tenha viajado ou tenha contato com alguém que viajou recentemente, procure uma unidade de saúde para obter um diagnóstico. Confira como ele é feito:

  1. São coletadas duas amostras de materiais respiratórios do paciente: por meio da aspiração das vias aéreas ou pela indução de catarro;
  2. As amostras são encaminhadas para o Laboratório Central de Saúde Pública;
  3. A partir do Lacen, uma amostra é enviada ao Centro Nacional de Influência e outra para uma análise metagenômica.
  4. Os laboratórios fazem certos exames específicos para confirmar a doença.

Como é o tratamento do Coronavírus?

Ainda não existe um tratamento específico para o Coronavírus. O mais indicado é o repouso e o consumo de bastante água, semelhante ao tratamento para o resfriado. O que pode ser feito é tomar algumas medidas para aliviar os sintomas e conter a proliferação do vírus, como:

  • Usar medicamentos para as dores e febre, como analgésicos e antitérmicos;
  • Umidificadores podem ser usados para aliviar os sintomas;
  • Banho quente ajuda a aliviar as dores;
  • Em casos graves, o paciente é encaminhado para o hospital de referência;
  • Casos mais leves são acompanhados pela APS e com medidas para prevenção domiciliar;

O ministério da saúde também alerta que os pacientes que receberam alta durante a primeira semana do início dos sintomas devem estar cientes de que os mesmos podem voltar a aparecer.

A transmissão do Coronavírus

Como o vírus ainda é novo, as investigações em relação à transmissão do Coronavírus estão em andamento. O que se sabe é que a transmissão é feita de pessoa para pessoa, por contato ou gotículas respiratórias.

Estar a até 1 m de uma pessoa infectada pode expor a contaminação. Também ainda não está claro o quão contagioso é o Coronavírus, por isso, é preciso ficar atento às formas de contágio. As principais são:

Sintomas e tratamentos do Coronavírus 4

Saliva

Sintomas e tratamentos do Coronavírus 5

Tosse

Sintomas e tratamentos do Coronavírus 6

Catarro

Sintomas e tratamentos do Coronavírus 7

Espirro

Sintomas e tratamentos do Coronavírus 8

Contato próximo, como toque ou aperto de mão com pessoa infectada (caso suspeito ou confirmado).

Sintomas e tratamentos do Coronavírus 9

Contato com objeto ou superfícies contaminadas, seguido de contato com boca, nariz ou olhos.

Como se prevenir?

Por isso, o ideal é buscar a prevenção do Coronavírus, por meio de algumas práticas bem simples.

Lavar as mãos: é o principal meio de prevenção da doença. Lave as mãos com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os movimentos de higienização. A Anvisa tem um guia simples de como fazer a higienização correta;

Se estiver doente, fique em casa.

Álcool em gel: o álcool em gel pode ser usado em doses moderadas. Mas é preciso se atentar a dois pontos. Primeiro, ele não substitui a lavagem das mãos. Segundo, usar muito pode deixar a mão pegajosa, o que tem o efeito adverso.

Limpe e desinfete objetos e superfícies tocados: ao chegar em casa, preste atenção especial ao celular, chaves, carteira e outros objetos;

Evite tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas, especialmente em locais públicos como o metrô;

Evite contato próximo com pessoas doentes;

Sempre cubra a boca e o nariz ao tossir com um lenço de papel e o jogue no lixo;

A questão do isolamento social

Neste momento, já se tornou um pouco mais difícil fazer a contenção do Coronavírus. A doença já está espalhada pela sociedade brasileira, o que significa que não é mais preciso haver o contato com alguém que viajou para fora do Brasil para pegar pegá-la.

Por isso, a questão do isolamento social é tão importante. Ela se tornou a principal forma de se prevenir da doença e, principalmente, de garantir o tratamento para quem está doente.

Praticamente nenhum país está preparado para lidar com uma pandemia tão grande, com tantas pessoas doentes ao mesmo tempo. Os hospitais ficam sobrecarregados e não têm condições de atender todo mundo. Na Itália, os médicos podem se ver forçados a escolher quem tratar. O mesmo pode acontecer nos Estados Unidos e por aqui, se não tomarmos cuidado

Existe também a questão das compras e idas ao supermercado. Não existe nenhum indício, e não aconteceu em nenhum lugar do mundo, que o abastecimento será comprometido.

A recomendação em relação às compras no mercado não é pela necessidade de estocar, visto que isso não existe. O propósito das mudanças de hábitos nas compras é uma consequência do isolamento social. A população mais idosa, por exemplo, que tem o costume de ir ao mercado várias vezes, precisa mudar este hábito.

O mais recomendado é fazer todas as compras necessárias para um mês de uma única vez, para evitar idas repetidas. Mas reforçando que não é preciso estocar alimentos.

A situação em relação ao Coronavírus está mudando rapidamente. Por isso, a principal recomendação é ficar atento às notícias, seguir as instruções dos profissionais de saúde, evitar o contato com outras pessoas e lavar as mãos com bastante frequência.

Para mais informações, continue a leitura de outros textos no blog da Amigão Saúde!

Foto do título por Fusion Medical Animation on Unsplash  
Imagens ilustrativas retiradas do site da Secretaria de Saúde de São Paulo

Tabelas atualizadas dos principais planos de saúde: planos individuais, empresariais, para gestantes, para crianças, para familiares e para idosos.

ATENÇÃO

Todos os planos de saúde estão cobrindo o teste para o coronavírus.
Contrate agora mesmo seu plano e garanta melhores condições e os valores da tabela vigente.

Tabelas atualizadas dos principais planos de saúde: planos individuais, empresariais, para gestantes, para crianças, para familiares e para idosos.

11 Planos de saúde na zona sul: aprenda encontrar o serviço médico mais perto de você

É sempre oportuno encontrar os melhores planos de saúde na sua região. E, nesse artigo, trazemos uma relação completa sobre os planos de saúde na zona sul, achando o que mais se adapta ao seu perfil.

Conteúdos relacionados: