Lista de cirurgias que o plano de saúde cobre

fev 18, 2020

ATENÇÃO

Todos os planos de saúde estão cobrindo o teste para o coronavírus.
Contrate agora mesmo seu plano e garanta melhores condições e os valores da tabela vigente.

O plano de saúde se tornou essencial para qualquer pessoa que quer mais qualidade de vida e segurança não somente para ela, mas também para sua família. Por conta desta grande procura, existem certas dúvidas. Neste artigo, respondemos um dos principais questionamentos com uma lista de cirurgias que o plano de saúde cobre.

Algumas das cirurgias que o plano de saúde cobre

  • Cirurgia Bariátrica: esta cirurgia de redução de estômago está no rol de cobertura do plano, desde que sua finalidade seja para a condição de saúde do paciente e não apenas estética;
  • Cirurgia do Câncer de Mama: um dos problemas mais comuns entre as mulheres brasileiras, o tratamento para câncer de mama também é coberto pelos planos, de acordo com a ANS. Mesmo as opções de tratamento menos invasivas também são cobertas;
  • Cirurgia Ortognática: esta cirurgia também é coberta pelo plano, obrigatoriamente, por não se tratar de um procedimento apenas estético. A cirurgia de reposicionamento do maxilar ajuda a aumentar a qualidade de vida e capacidade de mastigação do paciente;
  • Apendicite: a cirurgia de remoção do apêndice também é coberta pelo plano. Como se trata de um procedimento emergencial, que acontece sem aviso e pode ser fatal, é uma cirurgia que, muitas vezes, ultrapassa a própria carência do plano;
  • Aplicação do DIU: o planejamento familiar é um direito do cliente e a ANS garante que a implantação do Dispositivo Intra Uterino seja coberta por qualquer plano de saúde, seja ele o dispositivo hormonal ou não hormonal;
  • Vasectomia: o mesmo se aplica a vasectomia. Desde 2008, este procedimento está presente no Rol de procedimentos cobertos em qualquer plano de saúde;
  • Cirurgias plásticas: as cirurgias plásticas são uma dúvida bem comum, mas a resposta é simples. A ANS considera obrigatórias cirurgias reparadoras, ou seja, é preciso apresentar um laudo e uma justificativa de que a cirurgia não tem um objetivo puramente estético. A rinoplastia é um ótimo exemplo. É um procedimento que é puramente estético, o que significa que a maioria dos planos não cobre;
  • Mastectomia: a mastectomia é uma cirurgia reparadora para as mulheres, portanto é obrigatória de acordo com a ANS. Porém, para os homens trans, ela também precisa ser coberta, pois não é um procedimento puramente estético e influi diretamente na qualidade vida do paciente;
  • Diástase Abdominal: a diástase é uma cirurgia que consiste em costurar os músculos do abdome, que foram separados, normalmente na gravidez. É uma cirurgia coberta pelo plano, desde que tenha indicação médica. Também é restrita apenas à junção da musculatura, sem cobrir a retirada do excesso de pele;
  • Abdominoplastia: a abdominoplastia é um procedimento que visa remover o excesso de gordura e pele. Normalmente estético, pode ser necessário por um motivo de saúde, o que significa que o plano cobre se houver um laudo comprovando a sua necessidade;
  • Cirurgia de miopia: de acordo com o Rol da ANS, a cirurgia de miopia, em ambas as suas modalidades, também está coberta pelo plano se saúde. É um procedimento que visa melhorar a qualidade de vida dos usuários, que podem abandonar os óculos;
  • Cirurgia refrativa: as cirurgias refrativas, em geral, também são cobertas pelo plano. Para a correção do grau é preciso que o paciente tenha mais de 18 anos, possua um grau estável há pelo menos um ano e que o mesmo se enquadre dentro dos parâmetros para a cirurgia;
  • Ginecomastia: como é o caso com a maioria das cirurgias, a ginecomastia também é coberta pelo plano se ela apresentar potencial perigo para a saúde do paciente. Para isso, é preciso fazer uma ultrassonografia;
  • Septoplastia: a cirurgia de correção do desvio de septo também é coberta pelos planos de saúde. Como é um procedimento que visa aliviar os problemas de respiração dos pacientes e melhorar a sua qualidade de vida, é classificada como obrigatória pela ANS;
  • Cirurgia de Varizes: ao contrário do que muita gente acredita, as cirurgias de varizes não são um procedimento puramente estético. Muitas vezes, este problema causa bastante dor, o que afeta a qualidade de vida do paciente. Sendo assim, são obrigatoriamente cobertas pela ANS;
  • Cirurgia de Catarata: a cirurgia de catarata remove o cristalino opaco que causa a doença e substitui por uma lente. O plano de saúde cobre essa cirurgia independente do modo no qual ela é feita.
  • Blefaroplastia: a Blefaroplastia é uma cirurgia estética, que visa remover a pele ao redor dos olhos. Portanto, não é coberta obrigatoriamente pelos planos, mas pode ser que exista este diferencial;
  • Parto Cesáreo: a regra do parto cesáreo mudou. Se esta opção for necessária por determinação do médico, é preciso que este comprove esta necessidade. Neste caso, ela é coberta pelo plano. Mas, desde 2015, isso não é mais obrigatório. A ideia da ANS é proporcionar mais informação para a mulher deste parto que é mais arriscado tanto para ela quanto para o bebê;
  • Hérnias: a reparação cirúrgica das hérnias é uma das mais comuns no Brasil. Todas as hérnias podem ser tratadas com cirurgias através do plano de saúde seja ela, no umbigo, na coluna, no diafragma e no abdome;
  • Remoção das hemorroidas: a cirurgia para a remoção das hemorroidas, uma inflamação das veias ao redor do ânus, também é coberta pelo plano de saúde, tanto na sua modalidade aberta como na fechada;
  • Transplantes: o plano não somente precisa cobrir com os custos do transplante, mas também com outros gastos gerais. A cobertura se estende aos custos com a captação e preservação do órgão, o pós-operatório, as despesas com os doadores e medicamentos na internação.

Como é o critério para as cirurgias que são ou não cobertas?

Estas são algumas das principais cirurgias que o plano de saúde cobre, além dos casos especiais e exceções que devem ser respeitados. Ficou claro que existe uma regra bem direta para a cobertura ou não dos planos.

A não cobertura ocorre apenas em dois casos: o primeiro, como vimos, são para as cirurgias unicamente estéticas. O segundo é para os tratamentos experimentais ou não comprovados cientificamente.

Agora que você já sabe algumas das principais coberturas que o plano cobre, pode ficar mais tranquilo. Se ficou com alguma dúvida, entre em contato com um de nossos corretores e siga a Amigão Saúde nas redes sociais, para garantir sempre o melhor cuidado para você e para sua família!

ATENÇÃO

Todos os planos de saúde estão cobrindo o teste para o coronavírus.
Contrate agora mesmo seu plano e garanta melhores condições e os valores da tabela vigente.

Tabelas atualizadas dos principais planos de saúde: planos individuais, empresariais, para gestantes, para crianças, para familiares e para idosos.

Solicite agora sua cotação!

Plano de Saúde no ABC: 4 dicas para identificar os melhores

Você vive no ABC Paulista e precisa de um plano de saúde com cobertura completa na região? Entre em contato com a Amigão Saúde e conheça as melhores opções!

Conteúdos relacionados:

Planos de saúde com preços populares na Zona Sul

A saúde é o nosso maior patrimônio, não é mesmo? Por isso, é muito importante cuidar bem dela. Mas, para isso, é fundamental contar com um plano de saúde para te ajudar nos momentos de necessidade! Então, veja aqui as melhores opções de planos de saúde com preços populares na Zona Sul de SP!

Share This