Plano de saúde empresarial: quem pode ser dependente?

ago 31, 2017

O plano de saúde oferece mais segurança e conforto para toda a família: além de garantir o acesso a um atendimento médico eficiente e de qualidade comprovada, o beneficiado pode escolher entre diversos profissionais da área de saúde, hospitais e laboratórios de exames.

Não é à toa que o plano de saúde empresarial é um dos benefícios mais almejados por funcionários de qualquer empresa. Afinal, contratar um plano enquanto pessoa física, seja ele individual ou familiar, pode pesar o bolso no fim do mês. Mas quem conta com o benefício costuma se deparar com uma dúvida frequente: é possível incluir dependentes no plano de saúde corporativo?

Muitas vezes por timidez ou por medo de perder o benefício, os funcionários não questionam seus empregadores sobre essa possibilidade. Inclusive, boa parte dos gestores também desconhece as leis que envolvem a questão por considerar que esse esclarecimento é de responsabilidade das próprias seguradoras.

Se você tem dúvidas sobre o assunto, continue a leitura e entenda de vez quais são os benefícios e quem pode ser dependente de um plano de saúde empresarial:

Quais os benefícios de um plano de saúde empresarial?

Antes de entrarmos na questão dos dependentes, é preciso entender as vantagens de se adotar um plano empresarial.

Para o colaborador, a vantagem é bem clara, pois trata-se de um benefício gratuito, totalmente ou em parte, oferecido pela empresa. Por sinal, uma vez que os planos empresariais custam menos, o funcionário pode usufruir de um tipo bem melhor do que se fosse pago por ele mesmo, com maior cobertura e rede credenciada.

Mas e para o empregador, qual a vantagem de oferecer o benefício do plano de saúde para o colaborador e para os dependentes dele?

Para começar, um plano de saúde empresarial oferece mais segurança para o funcionário. Com acesso facilitado à saúde, possibilidade de fazer um check-up preventivo e tratamento assegurados, ele se torna mais tranquilo e, consequentemente, mais produtivo. Não há dúvida: pessoas saudáveis trabalham melhor, produzem mais, faltam menos ao trabalho e se dedicam à empresa.

Além disso, é reconhecido o fato de que a oferta de um bom plano de saúde é um dos principais motivos de atração e retenção de talentos na empresa, muitas vezes sendo algo considerado mais importante que ter um salário maior ou receber um aumento.

Quem pode ser dependente?

A inclusão de dependentes não é algo cabível à empresa, mas às operadoras dos planos de saúde. É um direito do trabalhador previsto em lei. A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) definiu em resolução normativa, há pouco mais de 6 anos, que os dependentes podem ser incluídos pelo beneficiário nos planos de saúde empresariais.

No entanto, a ANS também estabelece que as operadoras podem exigir a confirmação do vínculo por meio de documentos oficiais, como certidões de nascimento e casamento, de acordo com o grau de parentesco.

São considerados dependentes nos planos de saúde:

  • parentes consanguíneos de primeiro, segundo e terceiro graus, como pais, avós, bisavós, tios, sobrinhos, filhos, netos e irmãos;
  • cônjuge (marido ou esposa), companheiro e companheira em casamento civil ou religioso ou em união estável;
  • companheiro e companheira em união estável homoafetiva com o beneficiário;
  • filhos, enteados ou outras pessoas sob a guarda ou tutela judicial até os 21 anos de idade ou até os 24 anos, caso sejam economicamente dependentes e estudantes de cursos superiores reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC);
  • todos os dependentes mencionados anteriormente, quando são pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Quando incluir os dependentes no plano?

Antes de contratar um plano de saúde empresarial, o empresário precisa ficar atento a todos os pontos referentes à contratação, inclusive a inclusão de dependentes. Por mais que seja um ponto coberto em lei, a burocracia é estabelecida pela seguradora.

O colaborador também deve prestar atenção na hora de assinar o contrato, com adesão imediata dos dependentes, quando possível. É importante destacar que todas as pessoas cobertas pelo plano (titular e dependentes) passam a ter os mesmos benefícios quando é feita a inclusão.

Deste modo, a inclusão de um dependente pelo beneficiário pode ser feita a qualquer momento, mesmo em planos muito antigos. Fique de olho, pois o período de carência é válido apenas para quem for incluído depois. O titular permanece com os mesmos benefícios do plano antes de incluir um dependente.

Outro detalhe é que essa regra também vale para a inclusão de dependentes em planos individuais, que se tornam familiares. Ao incluir um parente, o período de carência já cumprido não pode ser revogado. Apenas os novos membros passam a ter de cumpri-lo.

Ou seja, se você, colaborador, não sabia desse benefício, dá tempo de incluir os familiares, bastando consultar a operadora para apresentar os documentos necessários. Se você, empregador, ainda não sabia desses detalhes, também pode procurar as operadoras e comunicar aos funcionários da sua empresa. Com certeza eles ficarão bem mais satisfeitos!

Como contratar um plano empresarial?

Existe uma infinidade de tipos de planos de saúde, com cobertura, abrangência e rede credenciada, que podem variar bastante de acordo com as especificações de cada seguradora. A variação de preços também é grande, inclusive de uma região para outra.

Antes de contratar um plano de saúde empresarial, verifique todas as condições de contrato e as vantagens oferecidas, pois nem sempre o mais barato é o que mais vale a pena. Outro detalhe fundamental a ser considerado é o tamanho da empresa e a quantidade de colaboradores que serão cobertos. O desconto é progressivo, de acordo com a inclusão de mais trabalhadores, além de variar de preço conforme a faixa etária de cada um.

Caso tenha dúvida, uma consultoria especializada pode te ajudar a escolher o plano ideal, além de resolver toda a burocracia contratual. Ela também consegue obter melhores condições de preço e negociação com as seguradoras.

O que não se pode negar é que o plano de saúde empresarial é um dos benefícios preferidos dos colaboradores de qualquer empresa, independentemente de setor, função ou grau hierárquico. Ter trabalhadores satisfeitos representa maior produtividade e um ambiente profissional bem mais agradável para todos.

Se você ainda tem dúvida sobre o assunto ou quer contratar um plano de saúde empresarial, entre em contato conosco e conheça nossas soluções!

Tabelas atualizadas dos principais planos de saúde: planos individuais, empresariais, para gestantes, para crianças, para familiares e para idosos.


Also published on Medium.

Newsletter

Share This